Ocorreu um erro neste dispositivo

Brandus dream list

Mensagens populares

sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

O saber não ocupa lugar - 162


Embora possua esclerose lateral amiotrófica, Stephen Hawking foi capaz de fazer uma ampla pesquisa sobre cosmologia teórica e gravidade quântica. Hawking atualmente leciona Matemática na Universidade de Cambridge, mesmo posto que Isaac Newton ocupou, e é considerado uma das mentes mais brilhantes do século atual.
O vitória da mente contra a debilidade física!

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

O saber não ocupa lugar - 161


O peixe-boi pode consumir até 16 kg de plantas por dia e armazenar até 60 litros de gordura como fonte energética para a época da seca, quando diminui a disponibilidade das gramíneas com que se alimenta.


O nome deste peixe é bastante apropriado!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

O saber não ocupa lugar - 160


Na Catedral de Notre-Dame de Paris existem quase 200 vitrais, alguns entre os maiores construídos na história.


Uma catedral impressionante!

terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Deputado israelita culpa homossexuais pelos terremotos .... !!!!


Um deputado do partido israelita Shas, que pertence à coligação do Governo, afirmou que as «práticas homossexuais» provocaram os abalos sísmicos que afectaram recentemente o país.O deputado Shlomo Benizri se baseou no Talmud (livro sagrado da religião judaica) para justificar sua teoria. «O Talmud indica uma série de causas para os terremotos e uma delas é a homossexualidade, que foi legitimada pelo nosso parlamento», declarou hoje Benizri durante seu discurso no congresso israelense. Desde 1988, o parlamento reconhece os direitos dos homossexuais, ainda não aceites pelos partidos ultra-ortodoxos, como o Shas. Segundo Benizri, em vez de implementar medidas tardias para combater os movimentos das placas tectónicas, seria necessário «preveni-los, eliminando as causas».No mês passado, outro deputado do Shas, Nissim Ze'ev, descreveu os gays como «aqueles que destroem o mundo hebreu»A reação da comunidade homossexual israelita foi imediata. O presidente da Associação Israelita de Lésbicas e Gays, Mike Hammel, apelou para a ironia. «Se alguém pergunta porque os membros do partido Shas estão tão obcecados com a nossa comunidade, podemos responder recordando o caso daquele senador norte-americano que, depois de uma longa e feroz batalha contra os gays, revelou que era homossexual», declarou.

SOL/EstranhomasVerdade.com


Teoria espantosa!

O saber não ocupa lugar - 159


A Nebulosa do Caranguejo tem um diâmetro de 11 anos-luz e está se expandindo à taxa de cerca de 1.500 quilômetros por segundo.


Coisa pouca!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Violinista Cai Em Cima De Stradivarius


Londres, 16 Fev (Lusa) - Um dos mais conceituados jovens violinistas da actualidade, David Garrett, sofreu um acidente que é o pesadelo de qualquer músico deste nível: no final de um concerto caiu em cima de um Stradivarius de valor incalculável.O instrumento, um Stradivarius de 290 anos, tão raro que é quase impossível estimar o seu valor, vai levar oito meses a ser reparado, segundo noticiou o jornal britânico "The Independent" na sua edição online.David Garrett, 26 anos, terá de pagar 60.000 libras britânicas (mais de 80 mil euros) pelo arranjo, e provavelmente o precioso violino nunca mais soará da mesma forma.O acidente aconteceu esta semana em Londres e quase fez com que o jovem ficasse impossibilitado de participar num importante concerto no Barbican Center, mas foi auxiliado pela empresa J&A Beare, que conseguiu outro Stradivarius de 1718 em tempo recorde, enviado de Milão e acompanhado por três seguranças."Eu estava pronto para sair do concerto quando escorreguei", disse, sobre o tropeção que o fez voar sobre alguns degraus e estatelar-se em cima do violino, quebrando-o em pedaços."Nem consegui falar ou mexer-me. Não sabia sequer se eu estava ferido, mas também não me importei. Tinha aquele violino há oito anos e foi como perder um amigo", disse, sobre o instrumento, um dos 600 Stradivarius que sobreviveram até aos nossos dias.

Lusa/Fim/EstranhomasVerdade.com


Que desastre!

O saber não ocupa lugar - 158


Tóquio é a maior área urbana do mundo - Tóquio possui 12.064.101 habitantes, cerca de 10% da população do país (Japão), e a sua área metropolitana possui mais de 31,2 milhões de habitantes.


Ena tantos!

Essas incomodativas verrugas



A MÃO com uma ou mais feias verrugas não é nada agradável de se olhar. Pense em quão aflitivas as verrugas podem ser para a moça cujo desejo natural é ter mãos delicadas. O rapaz também pode ficar contrariado com a feia aparência delas e aborrecido de elas constantemente interferirem em seu trabalho. As mãos, porém, não são o único lugar do corpo em que as verrugas podem aparecer.
Às vezes, uma verruga poderá crescer na sola do pé de uma pessoa, tornando o andar penoso para ela. Quando crescem ali, são geralmente chamadas verrugas plantares. Podem, com efeito, crescer em quase toda parte da pele, mas, com maior freqüência, aparecem nas mãos, nos dedos e nas solas dos pés. Visto que há várias espécies de verrugas, variam de cor, algumas sendo brancas, outras variando do amarelo para o marrom e ainda outras sendo pretas ou verdes.
Os médicos estão firmemente convencidos de que as verrugas são causadas por um vírus que pode ser transmitido de uma pessoa para outra. Na realidade, o vírus já foi mantido numa cultura tecidual e fotografado por um microscópio eletrônico.
Quando as verrugas desaparecem espontaneamente, pensa-se que a pessoa criou um estado de relativa imunidade a elas. Surpreendente, porém, é que às vezes, somem por meio do que parece ter sido simples sugestão. Isto se dá, em especial, com as crianças pequenas. O médico pode pincelar uma verruga com simples água de torneira ou tocá-la com algum objeto estrambólico, garantindo à criança que isto fará a verruga desaparecer, e ela mui amiúde desaparece mesmo no espaço de uma a oito semanas. Observou-se, em The Practitioner (O Clínico) de maio de 1967, que o "vírus da verruga é o único que produz lesões que podem ser influenciadas pelas emoções". Mas crianças parecem reagir muito mais à sugestão do que os adultos.
Escrevendo no Journal of the Indiana State Medical Association, o Dr. John A. Crawford declarou no número de outubro de 1967: "Eu, em geral, não me incomodei com essas irrupções de verrugas e verifiquei que desapareceram com pouco ou nenhum tratamento." Mas, isso nem sempre dá certo. De modo que prosseguiu, mencionando um tratamento que usara com certo êxito. "Injeção de ‘Keramina’, um preparado industrializado de vitamina A, por estranho que pareça, surtiu efeito, mas não disponho de nenhuma evidência realmente científica para apoiar seu uso."
Interessante é que um nutricionista também mencionou a vitamina A como sendo eficaz em se livrar de verrugas. Adelle Davis, em seu livro Let’s Get Well (Vamos Ficar Bons), declara que verificou diversos casos em que as verrugas desapareceram dentro de poucas semanas depois que se tomaram diariamente 100.000 unidades de vitamina A e 300 unidades de vitamina E. Depois de quatro semanas, reduziu-se a vitamina A para 50.000 unidades diárias.
Às vezes, usa-se a cirurgia para remover uma verruga, mas esse tratamento deixa cicatriz, e quando é na sola do pé, pode causar uma sensibilidade tão incomodativa quanto era a verruga. Cauterizar uma verruga com bisturi elétrico pode ser eficaz se o tratamento for radical.
No presente, nenhuma forma de tratamento é inteiramente satisfatório para cada caso de verrugas. Um pode ser excelente para uma pessoa, mas não para outra. Mas, já que há maneiras de se livrar das verrugas, a pessoa não precisa achar que terá de passar a vida inteira com feias verrugas que lhe desfiguram as mãos.
22/4/70-30





Provérbio da semana (13:7)

Há aquele que pretende ser rico, no entanto, não tem absolutamente nada; há aquele que pretende ser de poucos meios, no entanto, [tem] muitas coisas valiosas.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Disney bane crianças de restaurante!


O maior parque de diversões do mundo, Walt Disney World, vai proibir as crianças com menos de 10 anos de entrar no seu restaurante de luxoO Walt Disney World, o maior parque de diversões do mundo, vai proibir as crianças com menos de 10 anos de entrar no seu restaurante de luxo, noticia este sábado a agência de notícias norte-americana, AP, escreve a Lusa. O objectivo da medida, que entra em vigor esta semana, é que o restaurante Victoria & Albert`s, situado no Grand Floridian Resort & Spa, no parque temático de Orlando, passa a ser um espaço «disponível para uma experiência adulta», referiu a directora-geral Isabel Perez. Com esta decisão, a Disney está a responder aos desejos dos seus clientes, sublinhou Rosemary Rose, vice-presidente para a área de alimentação, bebidas e merchandising, em declarações ao jornal Orlando Sentinel. Esta responsável adiantou que, por mês, apenas cerca de três famílias trazem crianças pequenas para o Victoria & Albert`s, restaurante que exige que homens e mulheres vistam traje formal e onde os preços começam nos 125 dólares (cerca de 85 euros). Esta não é a primeira vez que a Disney bane crianças dos seus estabelecimentos.

Fonte Portugal Diario/EstranhomasVerdade.com


Só uma pergunta: o Walt Disney World não é para as crianças?!

O saber não ocupa lugar - 157



Os acentos gramaticais foram inventados por Aristófanes de Bizâncio.




Com certeza não lhe soava bem o seu nome dito assim: Aristofanes de Bizancio...

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Pensou ter foto de Marilyn Monroe nua, mas afinal era Madonna ... !!!





Um coleccionador de fotos famosas julgou que lhe tinha saído a lotaria e convocou uma conferência de imprensa, após ter encontrado entre os seus arquivos uma imagem de Marilyn Monroe, nua e a fazer o gesto de quem está a pedir boleia. O problema é que não se tratava da célebre actriz, mas sim da cantora Madonna, que a publicou no seu livro de fotos, intitulado «Sex», em 1992, tal como explica hoje a página da internet «reviewjournal.com».O coleccionador Lawrence Nicastro, um reformado de 73 anos residente em Las Vegas, convocou uma conferência de imprensa para hoje para dar a conhecer com toda a pompa e circunstância a sua suposta descoberta.Mas a confusão foi desvendada após um correspondente da cadeia de televisão ABC ver a imagem e reconhecer que era uma foto de Madonna.


Diário Digital / Lusa / EstranhomasVerdade.com




Estas confusões são próprias da idade...

O saber não ocupa lugar - 156


A maior palavra do mundo é: lopadotemamachoselachogaleokranioleipsanodrimhypotirmmatosilphioparaomelitok
atakechymenokichlepicossyphophattoperisteralektryonoptekephalliokigklopeleio lagoiosiraiobaphetraganopterygon - Ela pertence à Língua grega e é o nome de um tipo de comida.


E alguém consegue comer essa coisa?!

terça-feira, 19 de fevereiro de 2008

Engravidou depois de "leilão de sexo"


Um tribunal na Alemanha decidiu que uma mulher, que ficou grávida depois de ter participado num «leilão de sexo» na internet, tem o direito de saber o nome do pai da criança, noticia a BBC.A mulher teve relações sexuais com seis homens diferentes que também participarem nos leilões, feitos através de um site alemão nos meses de Abril e Maio no ano de 2007.Depois de ficar grávida a mulher exigiu á empresa que realizou o leilão que lhe desse os nomes dos homens, para saber qual é o pai. O pedido foi negado, e ela acabou por recorrer à justiça.Os responsáveis pelo site argumentaram que garantem aos participantes um contrato de anonimato absoluto, e só são conhecidos pelos apelidos que usam na internet.Apesar de existir essa cláusula contratual, o tribunal de Estugarda, no sul da Alemanha, decidiu que os homens têm de ser revelados, porque o direito da criança de conhecer o próprio pai está acima do direito ao anonimato.

PD/EstranhomasVerdade.com


Leilões de sexo?! E a senhora esperava não ficar grávida?!

O saber não ocupa lugar - 155


O ENIAC foi o primeiro computador digital eletrônico a ser criado, em 1946. Em compensação, durou apenas seis anos. Servia para computar trajetórias táticas que exigissem conhecimento substancial em matemática, mas só se tornou operacional após o final da Segunda Guerra Mundial.


Comparem com os actuais e pequenos portáteis...

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Sérvia proíbe mini-saia e «cusquice» em hospitais


Nada de coscuvilhice nem de mini-saias. Esta é a nova ordem nos hospitais da Sérvia. Um «pacote» de regras que foi instituído pelo ministro da Saúde do país. Dizer mal do chefe também faz parte da lista de proibições.Segundo informa o Globo, o site do ministério avisa também que a partir de agora os funcionários não estão autorizados a criticar os seus superiores ou os hospitais em que trabalham.Estão também proibidos de aceitar presentes em troca dos seus serviços. Os funcionários dos hospitais sérvios geralmente recebem dinheiro ou presentes em troca de mais atenção ou de um atendimento melhor. Segundo um porta-voz do ministério, as regras foram criadas «em nome da decência».

PD/EstranhomasVerdade.com


A decência acima de tudo...LOL


O saber não ocupa lugar - 154


Há variações entre o tempo de vida das abelhas - A abelha-rainha, por exemplo, vive cerca de 7 anos, a operária 45 dias e o zangão cerca de 70 dias.


Que discriminação! Quem trabalha mais vive menos!

Comunidades das marmotas do oeste norte-americano



ESTRANHO, não é, que existam animais que constroem suas próprias comunidades e preferem a atmosfera cívica ao isolamento? Mais estranho ainda é que tenham regulamentos habitacionais, serviço policial, divisões distritais e considerável medida de orgulho cívico. Como os índios e os búfalos, porém, constituem modalidade de rápido desaparecimento das Grandes Planícies da América do Norte. Sim, estamos falando das marmotas — que agora se encontram mormente em coutadas.
Houve tempo em que estas comunidades de marmotas eram numerosas e vastas — uma delas, na Planície Staked do Alto Texas, estendendo-se mil e seiscentos quilômetros em largura e uns 400 quilômetros de comprimento, e tendo uma população calculada em 400.000.000. O advento dos criadores de gado e suas enormes manadas trouxe junto uma declaração de guerra a estas marmotas — guerra de extermínio. Os combatentes humanos não hesitaram em recorrer ao gás venenoso. Não se teve misericórdia. Novos e senis, machos e fêmeas, todos deviam ser mortos.
Ao se procurar justificativa para esta matança, fazia-se a afirmação de que a forragem das Grandes Planícies era insuficiente para sustentar os milhões de marmotas, bem como as manadas dos criadores de gado que rapidamente se multiplicavam. Dizia-se que cada 256 marmotas comiam tanta forragem quanto uma vaca, 32 delas tanto quanto uma ovelha. Além disso, não constituíam suas tocas grave perigo para o gado — resultando em pernas quebradas? Assim, a campanha prosseguiu, sem consideração a qualquer benefício possível que poderia advir à terra em resultado das atividades das marmotas.



Conheça a Dona Marmota



Naturalmente, vai ter uma surpresa ao conhecer a Dona Marmota, pois embora se chame prairie dog; (cão das pradarias) em inglês, não tem nada de cão. Trata-se dum pequeno roedor castanho-amarelado, de trinta a quarenta centímetros de comprimento, medindo uns doze centímetros até o ombro, ao ficar de pezinho, rechonchudo e de pernas curtas, e tendo um rabinho que balança para cima e para baixo em vez de para os lados. Parece-se mais ao coelho-do-mato isto é, sem as orelhas de coelho, pois suas orelhas são duas coisicas redondas, coladas ao corpo, dando-lhe um tanto a aparência de cabeça chata. No peso, varia entre setecentas gramas a um quilo e meio.
Observe algumas outras de suas características. Suas patas dianteiras são equipadas de longas garras, ideais para cavar. Seus olhos são bastante incomuns. Possuem cristalinos alaranjados que atuam como filtros para ajudá-la a suportar o intenso brilho do sol. Estando colocados bem na frente, são quase sempre a primeira coisa a aparecer acima da superfície quando sai do lar.
Na juventude, Dona Marmota é muito brincalhona. Quando excitada, mesmo à idade adulta, solta latidinhos agudos. Talvez possa agora começar a avaliar por que o pequeno roedor obteve o nome de "cão das pradarias" em inglês, em parte por causa dos latidos, do balançar o rabo e outras características que lhe fazem lembrar-se de travessos cachorrinhos amarelados. Nos círculos zoológicos, porém, recebe um nome que significa "cão-camundongo".



Comunidades a la Marmota



A marmota vive e se cria debaixo da terra. Sua toca é realmente uma obra de engenharia — e não mero buraco no chão. O buraco de entrada, de quinze a vinte centímetros de largura, é aberto no meio de uma cratera de vulcão em miniatura. Isto se dá porque constrói de propósito um reduto de trinta a sessenta centímetros de altura, com uma circunferência de três e meio a quatro metros. E às vezes há até quarenta destes em cada hectare. A entrada da toca leva a um túnel íngreme que desce talvez uns quatro metros, daí vira abruptamente e continua horizontalmente por certa distância antes de inclinar-se gradualmente de novo em direção à superfície até o que aparenta ser um terminal sem saída. Em realidade, porém, esse terminal sem saída se acha tão próximo da superfície que a marmota pode usá-lo como via de escape sempre que o perigo ameaçar.
O túnel principal tem várias ramificações curtas que se desviam para a direita ou esquerda. Uma delas, não muito longe da superfície, parece ser uma espécie de sala da guarda ou sala de escuta, bem como um lugar pelo qual se virar a fim de verificar se há intrusos seguindo atrás. Nas outras passagens talvez fiquem os dormitórios, um deles pelo menos sendo a sala de partos em que os filhotinhos de quinze gramas nascem em ninhadas de uns cinco — cegos, pelados e sem voz. Por volta da quarta semana já estão bem supridos de pêlo; por volta da quinta, os olhos se abrem, e soltam seus primeiros latidos fraquinhos; por volta da sexta, já estão prontos para acompanhar a mãe em sua primeira viagem à superfície.



Novo Vizinho Se Muda



Quando um filhote de marmota cresce e decide que precisa de casa própria, primeiro escolhe o local, e começa a cavar com as afiadas garras, passando a terra solta por debaixo da barriga e lançando-a para trás com as patas traseiras. Às vezes são vistas empurrando na sua frente a terra solta com as fortes patas dianteiras; outras vezes, saindo de costas, e chutando para fora a terra com poderosos golpes das pernas traseiras. Talvez aconteça que um animal mais novo vá espiar curiosamente pelo buraco só para receber uma barragem de terra voadora que o faz recuar aos trambolhões de surpresa.
O melhor da terra solta é usado para formar aquele reduto circular em volta da entrada. A marmota carrega volumes de terra úmida até o local desejado, e daí a comprime e calca até ficar firme por prensá-la repetidas vezes com seu nariz achatado. Ao trabalhar, a criatura mantém o corpo curvo, ombros caídos, de modo que o corpo possa servir de poderosa calcadora, prensando a terra com seu focinho feito martelo. Antes de a moradia ficar pronta, o pequeno construtor talvez traga a superfície nada menos que sete hectolitros de material.
Tal reduto circular serve de proteção contra enchentes quando chuvas excessivamente pesadas alagam as planícies. A fundura da toca é também muito útil. Não só provê refúgio quando algum inimigo cavador persegue a marmota dentro de sua toca, mas também provê uma bolsa de ar em que a marmota pode refugiar-se até que a enchente baixe. A entrada à guisa de cratera serve tanto de posto de observação como de ponto conveniente donde mexericar com as vizinhas.
Numa comunidade de marmotas, cada animal é membro de uma clã ou do que poderíamos chamar de "círculo". Cada "círculo" ocupa um distrito distinto da comunidade, e marmotas de outra clã não são bem-vindas. Ao se aproximar alguma marmota estranha, a primeira a notar dará um pulo abrupto apoiando-se nas patas traseiras e erguendo as dianteiras no ar e dará um ganido alto. Isto constitui um aviso territorial, e imediatamente há respostas dos montículos vizinhos à medida que, uma por uma, as marmotas locais protestam contra a intrusão. Por outro lado, marmotas do mesmo "círculo" usam as tocas umas das outras, alisam o pêlo umas das outras e vivem brincando entre si.
Durante o calor do meio-dia, a atividade reduz-se ao mínimo ao se retirarem as criaturinhas para suas tocas para uma sesta. Mas, de manhã cedinho e no fim da tardinha a inteira comunidade fervilha. Dezenas de marmotas se estendem no chão, enquanto que as companheiras cuidam de seu pêlo, limpando-o e ajeitando-o. Outras se viram e reviram no pó para se livrarem das pulgas e carrapatos. Os animais menores se empenham em jogos. Uma corre atrás da outra até que, como um agarrador no futebol americano, consiga derrubá-la. Daí, invertem-se as posições, e a perseguida se torna a perseguidora.
Há sempre sentinelas de prontidão, de pé em rígida atenção, perscrutando ora a terra e ora o céu com seus olhos aljofrados. Ao primeiro sinal ou som de algo incomum, soltam um ganido de aviso. Dois latidos agudos e todas as marmotas ao alcance da voz disparam para seus montículos e ficam de pezinho. Assim que vêem o inimigo aproximar-se, entram depressa em suas tocas. E são muitos os inimigos que possuem, além dos humanos. Texugos, coiotes, raposas, furões de pé preto, cascavéis e corujas terrícolas invadem às vezes as tocas. Águias e gaviões mergulham do céu sobre qualquer cidadã da comunidade das marmotas que se aventurar longe demais de casa.
Sabe-se de marmotas que taparam uma toca invadida por uma cobra. E como precaução contra inimigos terrestres ocultos, as cidadãs cortam bem rente a vegetação em volta de suas entradas, num raio de vários metros, desprovendo assim de cobertura os intrusos inamistosos.



Busca de Alimento e Socialização



A marmota simplesmente busca o alimento que precisa quando o precisa. E sua dieta, embora em grande parte vegetariana, é variada. Gosta de grama de ponta, bromo, capim do oeste, cardo, artemísia, opúncia e armole. Para água, confia na sua habilidade de fabricar fluido em seu corpo por meio da conversão metabólica de carboidratos — algo que tem em comum com muitos habitantes do deserto. Um tipo pequenino de asclépia, bem como uma miniatura de malva chamada "Cowboy’s Delight" ("Deleite do Vaqueiro") são iguarias especiais. As espécies rabipretas de marmotas também comem gafanhotos, especialmente quando estes as ameaçam com uma escassez de forragem. As espécies rabialvas comem larvas, besouros adultos, lagartas de mariposas e borboletas. Ainda assim, as plantas rasteiras, as ervas silvestres, as gramas e as sementes constituem a base de sua dieta.
Durante a estação do inverno, embora não hibernem no sentido mais estrito da palavra, as marmotas dormitam a maior parte do tempo em suas tocas. Mas, mesmo então, num brilhante dia ensolarado, quando a temperatura oscila em torno de dezessete graus abaixo de zero, sobem à superfície para variar um pouco. No inverno é que vivem das reservas de gordura que acumularam durante o verão e o outono. Alguns animais formam uma camada tão grossa de gordura que ao olharem para trás, por sobre os ombros, seus flancos se enrugam que nem papel corrugado.
Sempre que as marmotas se encontram, ao saírem à cata de forragem, pausam para se cumprimentar, encostando os focinhos como se fossem beijar-se, afagando e dando palmadinhas uma na outra, às vezes até sentando na anca da outra, as patas dianteiras de uma apoiando-se nos ombros da outra. Soube-se de duas que sentaram-se frente a frente, colocando suas patas dianteiras juntas, fazendo repetidos movimentos de "bate-bate", daí caindo ao chão e esfregando os focinhos. Pode imaginar o mexerico que fazem nessas ocasiões?
Algumas autoridades afirmam que alguns de seus trejeitos ao se encontrarem uma com a outra constituem em realidade um sistema de determinar quem é marmota de seu distrito e quem é de outro. Seja lá qual for a finalidade, são fascinantes de se contemplar. Certo observador, por exemplo, viu duas fêmeas se encontrarem ao saírem à cata de forragem. Curvaram-se e daí, ficando bem eretas, com as patas dianteiras se tocando, juntaram os focinhos como se fossem beijar-se. Mas, quando dois machos velhos se encontraram, viraram-se de costas e tentaram chutar sujeira um em cima do outro.



Estão Desaparecendo — Para Melhor ou Pior?



Houve tempo em que a faixa de quatrocentos e oitenta a seiscentos e quarenta quilômetros das Grandes Planícies, que se estende do Canadá, descendo para o sul, até o México, era repleta de marmotas. As extensões brandamente onduladas desta região semi-árida, desprovida de árvores, fervilhava outrora com as brincadeiras e o trabalho de milhões de marmotas. Agora, paira uma imobilidade nela. A menos que se visite alguma específica reserva protegida, não mais se pode ouvir os ganidos de excitadas marmotas ou vê-las brincar e comer forragem nos ambientes que eram bem propícios ao seu modo de vida.
Como não raro se dá com as míopes diretrizes humanas, os apoiadores de campanhas de extermínio à marmota parecem não ter considerado a possibilidade de que esta criaturinha pudesse trazer benefícios à humanidade. Só em 1939, e talvez tarde demais, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos publicou seu relatório sobre o assunto. Era verdade que estas criaturinhas ameaçavam seriamente o suprimento de forragem para o gado, Nem o cardo nem o rabbit brush (Chrysottammus) são próprios para o gado vacum, contudo a marmota prospera com eles. Encontrou-se no estômago de certa marmota 20.000 sementes da venenosa corriola bastarda. Em Montana, observou-se que nada menos que 70 por cento do alimento consumido pelas marmotas eram loco; altamente venenoso ao gado. E 14 de cada 20 estômagos examinados no mês de maio continham lagartas de agrotídeos — nada menos que 35 por cento do alimento consumido.
E não só a marmota se notabiliza no campo de acabar com as ervas venenosas, mas também traz outro notável benefício à terra em que segue seu instintivo modo de vida. Suas numerosas escavações servem para revolver e remexer o solo, arejando-o e suavizando-o, suprindo-o de drenagens de água, e aprontando-o em geral para ser cultivado pelo homem.
Há algo de inumano nos tratos do homem com este pequeno parente do esquilo. Por um lado, há muito sobre a marmota que faz lembrar os humanos imperfeitos: os mexericos na porta da frente, a socialização, as atividades comunitárias e os preconceitos, ‘ficar de pezinho nas patas traseiras’ quando está irada com alguma coisa, uma marmota velha ‘sujando’ a outra, e assim por diante. Não obstante, parece realmente lamentável que essa criaturinha que enche ao máximo seus oito anos de vida com a alegria de viver deva agora ser empurrada tão à beira da extinção.




8/4/70-17

Provérbio da semana (13:6)

A própria justiça resguarda aquele que é inofensivo no seu caminho, mas é a iniqüidade que transtorna o pecador.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Comunicação deficiente...

O avião contacta a torre:
- Torre, aqui Cessna 1325, piloto estudante, estou sem combustível.
Na torre, todos os mecanismos de emergência são accionados, todas as pessoas ficam atentas e já ninguém tem sequer uma chávena de café na mão.
O suor corre em algumas faces e o controlador responde ao piloto:
- Roger, Cessna 1325. Reduza velocidade para planar. Tem contacto visual com a pista?
- Eu... quer dizer... eu estou na pista... estou à espera é que me venham atestar o depósito...

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Soldado fantasma filmado por grupo de cineastas amadores ingleses ... !!!


Um grupo de cineastas amadores acredita que conseguiram a derradeira prova de que os fantasmas existem, após terem capturado uma presença muito bizarra numas filmagens de uma floresta no Yorkshire.George Gunn afirmou que conseguiu registar imagens de uma aparição sobrenatural enquanto caminhava por um trilho em Outwood, uma floresta de Yorkshire.Membro da Comunidade do Vídeo de Outwood, Gunn acrescentou que a figura lembrava um soldado romano. Gunn afirma que não tinha dado conta do "fantasma" até ter revisto as filmagens conseguidas, após o dia de passeio. «Tenho esta câmara há bastante tempo e nunca tive nenhum tipo de problema com a iluminação ou o brilho do sol», contou à BBC«Eu ainda não acredito», afirmou, acrescentando que as histórias sobre fantasmas são muito comuns naquela região. «Mas há alguma coisa de muito estranho à volta disto».Mike Hooley, outro membro do vídeo clube, confirma a história: «O George ligou-me e perguntou: ‘acreditas em fantasmas?’. Eu respondi "não", mas quando vi o filme fiquei muito admirado».A aparição espectral parece estática na imagem, mas desaparece momentaneamente quando duas pessoas a atravessam a correr.Os restantes membros do videoclube estão agora a planear as suas próprias pesquisas para aferir se terão existido colonos romanos na área.

SOL/EstranhomasVerdade.com


Buuuuuuuuuuuuuuu!!!!

O saber não ocupa lugar - 153


A expressão OK pode ter surgido durante a Guerra da Secessão. Segundo tal teoria, quando as tropas do Norte voltavam para o quartel, depois de uma batalha sem nenhum tipo de baixa, anotavam a expressão "0 Killed".


OK!

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

O saber não ocupa lugar - 151


O Pac-Man foi inspirado em pizza - A idéia de criá-lo surgiu durante um jantar entre alguns amigos, em que uma fatia da pizza da qual compartilhavam estava faltando. Seu primeiro nome foi Puck-Man, e logo foi abandonado pela companhia, pois "Puck" poderia virar um trocadilho maldoso entre falantes da língua inglesa.


Um jogo ainda hoje com muito sucesso!

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Causa de morte


A importância do café...


Dois leões fugiram do Jardim Zoológico. Na fuga, cada um tomou um rumo diferente. Um dos leões foi para as matas e o outro foi para o centro da cidade. Procuraram os leões por todo o lado, mas ninguém os encontrou. Depois de um mês, para surpresa geral, o leão que voltou foi justamente o que fugira para as matas. Voltou magro, faminto, alquebrado. Assim, o leão foi reconduzido a sua jaula.Passaram-se oito meses e ninguém mais se lembrou do leão que fugira para o centro da cidade, quando um dia, o bicho foi recapturado. E voltou ao Jardim Zoológico gordo, sadio, vendendo saúde. Mal ficaram juntos de novo, o leão que fugira para a floresta perguntou ao colega:

- Como é que conseguiste ficar na cidade esse tempo todo e ainda voltar com saúde? Eu, que fugi para para a mata, tive que voltar, porque quase não encontrava o que comer ... !!! O outro leão então explicou:

- Enchi-me de coragem e fui esconder-me numa repartição pública. Cada dia comia um funcionário e ninguém dava por falta dele.

- E por que voltaste então para cá? Tinham acabado os funcionários?

- Nada disso. Funcionário público é coisa que nunca se acaba. É que eu cometi um erro gravíssimo. Tinha comido o diretor geral, dois superintendentes, cinco adjuntos, três coordenadores, dez assessores, doze chefes de seção, quinze chefes de divisão, várias secretárias, dezenas de funcionários e ninguém deu por falta deles! Mas, no dia em que eu comi o que servia o cafezinho... Estraguei tudo!!!

O saber não ocupa lugar - 150


A luz solar demora oito minutos e meio para atingir a Terra - Ela viaja cerca de 300 mil quilômetros por segundo.


Nunca mais é Verão!

A beleza nas rochas


INTERESSA-SE pela beleza? A beleza que se esconde atrás de superfícies pouco atraentes? A beleza que deleita e emociona? Então, venha comigo e visite meu esconderijo no porão, e lhe abrirei muito de leve a porta para um mundo de beleza cuja existência dificilmente é sequer imaginada por muitas pessoas. Como vê, sou aquilo que, em linguagem coloquial, muitas vezes é mencionado como "catador de pedrinhas".
Mas, primeiro, deixe-me esclarecer-lhe bem um ponto. Não sou um colecionador de pedras para formar um jardim pedregoso. Esse é um campo completamente diferente. Estou mais interessado na beleza oculta que se encontra por baixo da superfície, os espécimes deslumbrantes e emocionantes que devem ter sido arquitetados pelo Criador como regalo para os olhos de sua criação humana. Já ouviu falar de microengastes? Não? Então, eu explicarei.
Estas bandejas de caixas de plástico que eu disponho contêm uma série de espécimes minerais de toda a terra, e são montados em madeira de balsa, sendo colados na parte de dentro de cada caixa de plástico. Estes diminutos grupos de cristais são chamados de microengastes porque precisam ser ampliados para serem apreciados. A conveniência de se ter amostras pequenas é que se pode acondicionar grande variedade num pequeno espaço. Daí, com a ajuda dum microscópio, pode-se perscrutar o mundo pequeno de encantadora beleza.
Note que cada caixa tem uma etiqueta que dá o nome do mineral, junto com outras informações pertinentes, tais como a forma do cristal, as associações minerais e a localidade de onde procede.


"Inesperado" É o Termo


Provavelmente já está a par do cobre e seus muitos usos práticos. Mas, já pensou no cobre como mineral de grande beleza, Se não, então deixe-me apresentar-lhe o mundo do cobre, onde a variedade em forma de cristais e a intensidade de cores tornam este mineral o deleite do colecionador. Primeiro, passe os olhos nesta caixinha. A etiqueta diz "Cobre, Bisbee, Arizona". Vê o que está lá dentro? Ora, ao olho nu parecem pequeninos fios de cobre!
Bem, montarei este espécime sob o estereomicroscópio, ajustarei a luz e o focalizarei para o amigo. Dê uma espiada agora. O que aconteceu com aqueles "fios de cobre"? Bem, transformaram-se em feixes vermelho-dourados de cristais de cobre! Mas, isso não é tudo. Focalizaremos um dos cristais agora. Começa-se a observar algumas das formas básicas do cristal, uma em forma de cubo outra um octaedro, e assim por diante. E, então, crescendo de um cristal parece haver algumas finas agulhas vermelho-rubi. São conhecidas pelos colecionadores como calcotriquita (das palavras gregas que significam "cobre" e "cabelo").
Mas, suponhamos que aumentemos a ampliação destas chamadas "agulhas". Tornam-se prismas longos e quadrados, a cor vermelho-rubi adquirindo maior intensidade. Emocionante, não é? A seguir, passe os olhos mais de perto pela parte de cima destes prismas delgados, e o que vê? Ora, parece-se a duas diminutas pirâmides vermelhas, voltadas base para base, com a ponta de uma delas ligando ao alto do prisma. Esta forma cristalina é chamada de octaedro, isto é, tendo oito faces triangulares. Surpreendentes não são, as variadas formas geométricas da formação cristalina?


Sistemas de Cristalização Mineral


Devo também mencionar que cada mineral se situa em um dos seis diferentes sistemas de cristalização, classificação esta que se baseia no arranjo dos eixos (linhas imaginárias) dentro do cristal. Para se determinar a que sistema o mineral pertence, a pessoa tem de saber o número, os comprimentos relativos e as justaposições dos eixos dentro de determinado cristal. Tanto o cobre como a calcotriquita pertencem ao que se chama de sistema isométrico. Os cristais neste sistema têm três eixos iguais em ângulos retos de um para os outros.
Eis aqui outro interessante engaste — azurite, da área de cobre de Tsumeb, da África do Sudoeste, região que é notável por suas espécimes minerais primorosas. Foram achados ali cristais de azurite com quase dezoito centímetros de comprimento. Creio que tudo está pronto agora. Dê uma olhadela no microscópio. Azul de linda intensidade, não é? A cor vívida deste mineral e sua grande variedade em formas cristalinas o tornam verdadeiro item prezado pelo colecionador.
A seguir, daremos uma espiada na malaquita — esta provém de Catanga, no Congo. Note as "asas de borboleta" verde-malva simuladas pelo hábito de acoplamento deste mineral. Tanto a azurite como a malaquita são carbonatos de cobre, e ambas são de hábito monoclínico, isto é, seus cristais dispõem de uma interseção oblíqua dos eixos imaginários. As coisas lhe parecem um tanto técnicas? Diga-se de passagem que uma faixa de malaquita, da qualidade duma pedra preciosa, descoberta na Sibéria lá por volta de 1800 media aproximadamente dois metros e setenta por cinco e meio metros. Foi por fim cortada e transformada em muitos objetos de arte que podem ser encontrados nos museus do mundo, bem como em coleções particulares.
A atacamita é nosso seguinte espécime. Focalizando cuidadosamente, poderá notar os feixes dos cristais finamente delineados, delgados e prismáticos, tendo extremidades verde-brilhantes. Sob ampliação, a cor de cada cristal se torna uma esmeralda de profunda transparência. Este item veio do Chile. A atacamita pertence ao sistema ortorrômbico de cristais, isto é, tem como característica três eixos desiguais.
Chegamos agora a uma de minhas próprias descobertas. Neste engaste, verá um bom número de minerais — calcopirita, estilbita, heulandita, laumontita e chabazita — todos formados de cristais de quartzo. O que iremos examinar em particular é a calcopirita. Vê o que parecem ser três triângulos amarelo-bronze que se erguem sobre suas pontas? Trata-se da calcopirita, um sulfeto de cobre e ferro, e não raro confundido com o ouro pelos leigos no assunto. Este material pode ser esmigalhado com uma faca, contudo. Pertence ao sistema tetragonal de cristais, no sentido de que seus três eixos se acham em ângulos retos, apenas os dois eixos laterais sendo de dimensão igual.
Talvez gostasse de examinar a calcantita, proveniente da Mina de Ting Tang, em Gwennap, Cornwall, Inglaterra. Trata-se dum sulfato de cobre, e pertence ao sistema triclínico de cristais. Isso lhe deveria dizer que possui três eixos desiguais que se cruzam em ângulos oblíquos. Note como os cristais, neste caso, são curtos e prismáticos, variando em cor do azul da Prússia ao azul do céu. E parecem ser úmidos. Isso se dá porque tais cristais, quando expostos ao ar, constantemente absorvem a umidade. Com efeito, se deixados numa atmosfera úmida demais ou seca demais, desfazem-se em pocinhas verde-azuladas ou em pó branco-esverdeado. O nome "calcantita" se deriva duma palavra que significa "flores de cobre".
Estará interessado em saber que é bem fácil produzir alguns destes cristais em seu próprio lar. Tudo o que tem de fazer é comprar um pouco de sulfato de cobre ou vitríolo azul na loja de ferragens. Esmigalhe pequena quantidade disso sobre uma superfície dura. Daí, sacuda o pó em um pouco de água, fazendo uma solução concentrada. Coloque-o de lado num prato ou panela em temperatura mais ou menos constante. Examine-o diariamente, e logo descobrirá que o processo de evaporação deixa belos cristais como os que vê aqui.
Por fim, desejo que veja verdadeiro tesouro — o dioptásio. Trata-se dum silicato de cobre. Tome, por exemplo, este feixe de cristais da região do Congo, na África. Com efeito, eu lhe mostrarei diversas espécimens. Note a variedade dos cristais brilhantes, verde-azulados procedentes de várias localidades. Terem estes cristais seis faces mostra que pertencem ao sistema hexagonal. Este sistema se caracteriza por três eixos laterais iguais, que se cruzam em ângulos de 60 graus, e um eixo vertical de dimensão variável que se cruza em ângulos retos. Mas, veja este espécimen de Arizona — cristais prismáticos longos, verde-azulados, que emanam do cristal wulfenita amarelo brilhante. Pode ver por que este é um dos meus favoritos?


Em Busca da Beleza


Onde foi que consegui muitos de meus espécimens? Bem, alguns vieram de lugares bem distantes, como pôde ver, a maioria por meio de trocas com outros colecionadores. Mas, bem em volta de casa poderá encontrar facilmente alguns espécimens deslumbrantes. Se viver nas proximidades de algumas minas ou pedreiras, são bons lugares para se colecionar rochas. Naturalmente, precisará obter a permissão dos donos, e observar cuidadosamente suas regras de segurança. Outro lugar provável para a pesquisa é em áreas onde recentemente ocorreram explosões. Então, há valetas de cascalhos, rochas recentemente expostas, ou até mesmo velhas muralhas de pedras — valendo a pena investigar tudo isso.
Para instrumentos e equipamento, a mim me bastam um martelo de prospector, uma talhadeira de rochas, uma bolsa de colecionador, roupas velhas e um forte par de sapatos ou botas. Minhas viagens de coleta são muito raras. Com efeito, é possível, usualmente, colecionar o suficiente numa única viagem para se manter ocupado por muitas horas, escolhendo e preparando os materiais para os engastes. Tais passeios podem até transformar-se em passeios da família, havendo muita coisa para se ver e examinar, enquanto se participa da busca.
Um bom compêndio sobre minério ajuda a pessoa a identificar seus espécimes. Uma velha escova de dentes e um pouco de detergente o ajudarão a limpar o objeto que escolhe para engaste. Será útil no processo de seleção e engaste uma lente de bolso de 10X ou 20X. E, quanto ao espaço para depósito e exibição, isto não representa problema algum. Até mesmo com meus anos de coleção, este pequeno armário de 1 metro de comprimento por 1 de largura e 60 centímetros de altura é adequado. Ora, pode-se utilizar até mesmo uma gaveta de escrivaninha.
Os microengastes podem constituir agradável forma de descontrair-se. De vez em quando, ao examinar os tesouros coloridos das rochas, tem-se a convicção cada vez maior de que apenas um criador inteligente, que ama a beleza, um artista do mais alto calibre, poderia ter provido tal rico deleite para os olhos dos homens terrenos. Sim, deveras, para aqueles que a procuram, há beleza nas rochas.


22/3/70-20

Provérbio da semana (13:5)

A palavra falsa é o que o justo odeia, mas os iníquos agem de modo vergonhoso e trazem sobre si a ignomínia.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Campanha contra Lolita


A cadeia de lojas britânicas Woolworths foi obrigada a retirar do mercado um móvel para crianças com o nome «Lolita», após uma campanha de protestos conduzida pela Internet.Os funcionários da Woolworths não tinham conhecimento de que o nome do produto era também o título de um célebre romance do escritor russo Vladimir Nabokov no qual um homem maduro é obcecado sexualmente por uma garota de 12 anos de nome Lolita.«O que aconteceu é que os empregados responsáveis pelo site (no qual era oferecido o produto) nunca haviam ouvido falar de Lolita, e, honestamente, nenhum outro», declarou ao The Times um porta-voz da Woolworths.«Tivemos de olhar na Wikipedia. Agora sabemos o que é», acrescentou. O produto era composto de uma cama de madeira, uma escrivaninha e uma estante para livros, destinada a crianças de seis anos. O móvel completo custava 395 libras esterlinas.A campanha contra o produto começou após uma mãe ter notado sua presença no site da loja.A mulher mandou depois uma mensagem a um site especializado em conselhos para educação de crianças dizendo: «Sou eu que estou particularmente sensível ou vocês também acham que é mau gosto chamar uma cama de Lolita?»

SOL com agências/EstranhomasVerdade.com


Mas que exagero!!!

O saber não ocupa lugar - 149


Platão foi o primeiro a dizer que a inteligência vinha da cabeça.


Era inteligente o senhor...

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

O saber não ocupa lugar - 148


Aos 49 anos, Leonardo da Vinci criou um novo desporto, hoje chamado de escalada de montanhas. Da Vinci escalou o Monte Rosa, de 4634 metros de altura.


O Leonardo fartou-se de inovar!

OBRIGADO RUI COSTA!

AMOR MEU, DOR MINHA

DOR MINHA QUE BATES NO CORAÇÃO,
OLHOS TEUS QUE CRUZAM COM A PAIXÃO;

PARA ONDE FORES CONTIGO IREI,
ONDE ESTIVERES AÍ FICAREI;

NA ROTA DO AMOR BUSCAMOS SINTONIA,
SENDO O MAIS IMPORTANTE A COMPANHIA;

FELIZ AQUELE QUE TE AMA,
E QUE PODE ALIMENTAR A CHAMA;

FICAREI. FELIZ. SINTO O TEU ABRAÇO FORTE,
SINTO QUE O AMOR NÃO ALIMENTA A MORTE;

POR TUDO ISTO UM ADEUS NÃO PERMITO,
NO NOSSO CORAÇÃO O AMOR NÃO É MALDITO.