Ocorreu um erro neste dispositivo

Brandus dream list

Mensagens populares

sexta-feira, 30 de novembro de 2007

2 Curtas

O Capuchinho Vermelho foi visitar a avó:
-Avózinha, tens uns olhos tão grandes!
-É para te ver melhor.
-Avózinha, que orelhas tão grandes...
-São para te ouvir melhor.
-E que dentes enormes tu tens...!
- Mas tu vieste para me visitar ou para me pôr defeitos?



Ao romper da aurora, no auge do cacarejar no galinheiro, diz uma galinha a outra:
- Esta noite tive febre.
- Tiveste febre?
- Tive.
- Mas é como é que sabes ?
- Pus um ovo cozido!

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Coisas de doidos...

No manicómio, dois malucos estão a falar:
- Sabes - diz um - eu vou fugir daqui!!!
- Como? - pergunta o outro.
- Vou saltar o portão com um escadote.
No outro dia:
- Então ainda estás aqui?
- Sim, não consegui fugir.
- Porquê?
- O portão estava aberto!!!

Avó proibida de dar doces aos netos!


Uma avó escocesa foi proibida pelo tribunal de oferecer doces aos netos. A filha, mãe dos menores, apresentou uma queixa responsabilizando a avó pelos problemas nos dentes dos filhos. A notícia é avançada pelo site da BBC Brasil.A idosa também já tinha interposto uma queixa contra a filha, por esta não a deixar estar com os netos.Em tribunal, a mãe contou que a anciã levava dois sacos de doces sempre que visita os netos. Os encontros foram proibidos em Março de 2206, quando as duas se zangaram.Um juiz escocês determinou agora que a avó pode ver os netos uma vez por mês, desde que não lhes leve doces.Apesar de a mãe a acusar de ser responsável pelos problemas dentários dos menores, o tribunal considerou impossível chegar a essa conclusão. No entanto, concordou que eram «doces a mais».

Portugal Diário/EstranhomasVerdade.com


Doces a mais?!?! Dois saquinhos?!?! Nem pensar!!!

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Wembley ficou a saber como se diz pénis em croata


A derrota da Inglaterra às mãos da Croácia na passada quarta-feira não marcou apenas o afastamento dos ingleses do Euro-2008. Houve um pequeno incidente no hino croata que marcou a festa dos visitados. Uma gaffe que escapou aos ouvidos dos menos atentos. Tony Henry, cantor de ópera britânico, actuou perante os 80 mil espectadores do novo Estádio de Wembley e no fim do hino croata cometeu um erro que, para quem não conhece a língua, até pode ser perdoado. O cantor devia ter dito «Mila kuda su plania», que quer dizer «sabes querida como gostamos das tuas montanhas». Em vez disso, Henry entoou «Mila kura si planina», que significa «minha querida, o meu pénis é uma montanha». A grande curiosidade deste «pequeno» erro é que o cantor será um dos poucos ingleses a marcar presença no Euro-2008, uma vez que já foi convidado para entoar o hino croata na competição da Áustria e da Suíça. Para os croatas, a gaffe de Henry relaxou os jogadores da selecção e conduziu-os à vitória sobre os ingleses. Em declarações à BBC, o cantor admitiu o erro e desculpou-se: «Nem me consigo defender. Era a última coisa que eu intencionalmente faria e tudo o que posso dizer é que se ofendi alguns croatas então eles merecem as minhas sinceras desculpas.» Em sua defesa, Henry tem o facto de não saber croata e de ter errado na pronúncia. Zeljka Tomljenovic, secretário da Associação Croato-britânica, desculpou-o: «Não o culpo porque a pronúncia é muito difícil. Ele tinha um grande desafio, que era cantar um hino numa língua que não conhece.» Outras frentes justificaram o engano pela pressão exercida por se encontrar num estádio rodeado de milhares de pessoas. A verdade é que o erro passou despercebido à maior parte das pessoas e, incrivelmente, até agradou aos croatas. «Eles acharam fantástico, convidaram-no para cantar no Euro-2008 e perguntaram-lhe se podia ser a sua mascote», explicou o agente do cantor.

in Maisfutebol/EstranhomasVerdade.com


Que engano estranho! Não terá sido de propósito?! ;-)

Mosca animada

- Quero uma sopa . - disse o freguês
O empregado trouxe a sopa, mas o cliente chama-o porque a sopa tinha uma mosca:
- Esta sopa tem uma mosca!
- É um desenho - respondeu o empregado.
- Mas a mosca mexe-se!
- É um desenho animado!

terça-feira, 27 de novembro de 2007

O patrão que não conseguiu viver com o salário do empregado


A história veio nos jornais europeus e a ’Veja’ entrevistou o protagonista. O empresário italiano Enzo Rossi, dono de La Campofilone, que produz pastas e massas, resolveu passar um mês a viver com os mil euros que paga aos seus operários, dando a mesma quantia à sua mulher, que também trabalha na empresa.Apesar de se terem restringido ao essencial, o dinheiro acabou a 20 - e Rossi percebeu que, "se o dinheiro acabava para mim, também não dava para eles". Vai daí, deu um aumento geral de €200 aos trabalhadores.O curioso é que o empresário diz que não quer dar lições de ética a ninguém, recusa qualquer ideia de que seja marxista e, com uma frontalidade desarmante, frisa que o aumento que concedeu é a prova de que é "um grandessíssimo egoísta". E porquê? Porque, como explica liminarmente, se o salário é insuficiente, os funcionários vivem sob stresse psicológico, com a angústia de saber se o dinheiro chega ou não ao fim do mês. Isso leva-os a ficar instáveis do ponto de vista emocional "e, consequentemente, trabalharão mal". Ora, como acrescenta, "quero que eles estejam bem, para aumentar os meus lucros". E diz mesmo que a massa que fabrica, um tipo de macarrão finíssimo muito tradicional em Itália, fica melhor e vende mais se o funcionário trabalha feliz.Bom, mas já teve retorno deste aumento dos custos salariais? Não, mas Rossi diz que isso não vai demorar a acontecer. Nem que seja por os seus funcionários, com mais dinheiro, comprarem no Natal e Ano Novo mais do macarrão que ele fabrica.Histórias destas valem mais do que muitos livros de gestão. E são tão verdadeiras em Itália como em Portugal - embora, por cá, não se conheça nenhum émulo do sr. Enzo Rossi. (…)

In Cem Por Cent/PrimeiraLiga.com


Patrões de Portugal, de que estão à espera para aumentar os empregados?!?!

Há de tudo na farmácia!

Na farmácia.
- Dê-me 200 gr de frequência.
- De quê?
- De frequência. O médico disse para lavar os pés com frequência.

Polícias porreiros


Uma boa ideia da polícia de Hampshire... mas para a próxima convém contar com o tubo de escape do autocarro... LOL!

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Cemitério com piscina


Um cemitério na Indonésia desenvolveu-se também como um local de lazer e divertimento.Após o serviço funerário os enlutados podem usufruir do que o espaço tem para oferecer, como local de descanso.O cemitério oferece um lago para velejar, piscina, um restaurante italiano, sem esquecer uma capela, para serviços funerários.Este cemitério inovador situa-se a 45 quilómetros de Jacarta, capital da Indonésia.

Portugal Diário/EstranhomasVerdade.com


Depois de enterrar o morto,nada melhor que divertir-se à grande!!!

Proteger as criancinhas de acidentes


"PAULO se achava em sua nona semana de vida quando isso aconteceu. Eu acabara de colocá-lo em nossa cama quando me lembrei de algo que tinha de fazer na cozinha. Mal acabara de chegar ali, ouvi um baque surdo.
"Fiquei tomada de temor até que seus berros, segundos depois, me disseram que estava vivo. Quando cheguei ao quarto de dormir, lá estava ele no chão. Tinha rolado até a beira da cama e caído — algo que jamais sonhara que pudesse fazer naquela grande cama de casal. E ele só tinha dois meses!
"Ao examiná-lo, fiquei aliviada de não encontrar nenhum osso quebrado. Exceto por um pequeno galo que nasceu no lado da cabeça, voltou pouco depois ao normal. Mesmo assim, telefonei ao médico e este me disse que provavelmente tudo sairia bem, mas que deveria ser observado para ver quaisquer sinais de ferimentos internos. Os dias seguintes, devo acrescentar, foram os mais longos da minha vida.
"Felizmente, Paulo não sofreu efeitos ruins de longo alcance devido à queda. Mas, ainda sinto calafrios em pensar na tragédia que isso poderia resultar. E tudo aconteceu tão depressa! Deixei-o sozinho menos de um minuto. Agora compreendo que isto é tudo que se precisa para que aconteça um acidente grave."
Tal experiência é apenas uma das muitas que influem sobre milhões de crianças cada dia e que matam mais de 10.000 por ano apenas nos Estados Unidos. Com efeito, mais crianças morrem de acidentes que de câncer, pneumonia e defeitos congênitos juntos. Todavia, os peritos na segurança infantil calculam que tantos quantos nove de cada dez acidentes com crianças poderiam ser evitados.


Quando e Por Que Ocorrem Acidentes


Os acidentes não ocorrem por acaso. Cada um é provocado por algo. Podem ocorrer em qualquer parte e a qualquer hora. Quando alguém foi descuidado, pode acontecer um acidente. A questão é: O que pode ser feito para evitar a maioria deles?
É bom saber que muitos acidentes com crianças ocorrem entre as 16 e 20 horas durante a semana. Nessa ocasião, as mães estão usualmente atarefadas em preparar refeições e distraídas com outros deveres. De modo que as crianças não ficam tão bem observadas como em outras horas. Nos fins-de-semana, as primeiras horas da manhã são perigosos períodos. Muitos pais dormem até mais tarde nesses dias e as crianças talvez fiquem livres para ficar andando e meter-se em dificuldades. Os pais cônscios destas tendências podem fazer arranjos de canalizar as energias dos filhos para atividades construtivas nestas horas.
Outra ajuda é saber por que ocorrem a maioria dos acidentes. Muitos se quedam pensativos de como algumas crianças os evitam e outras são repetidas vezes atingidas por eles. Tem-se verificado que a criança inclinada a ser acidentada é usualmente ativa demais, inquieta, impulsiva e insegura. A criança que não sofre acidentes é geralmente mais tímida, submissa e, usualmente, provém dum grupo familiar mais intimamente unido. Parece também que os "simples" eventos e dificuldades cotidianos provocam a maioria dos acidentes: pequena enfermidade de um membro da família; um genitor cansado demais, ansioso ou distraído; um jovem preocupado, tenso ou muito faminto. Estes e outros incidentes fixam o palco para muitos acidentes.


Perigos Para os Infantes


Na infância, a criança fica na casa a maior parte do tempo, de modo que, naturalmente, é ali que os acidentes a atingirão. Mais tarde, ao se aventurar porta afora, novos perigos a confrontam. Haverá mas, carros, trânsito e escola. Os pais que podem antever estes novos perigos, à medida que o filho se desenvolve, estarão mais equipados para contrabalançá-los.
Primeiro, porém, concentremo-nos no que pode ser feito para proteger os bebês em especial, visto que dependem completamente dos adultos.


QUEDAS: Milhões de criancinhas são feridas todo ano devido a quedas na casa e próximo a ela. Pela experiência acima relatada, pode avaliar quão necessário é que se assegure de que o bebê jamais seja deixado a sós em qualquer lugar alto do qual possa cair. As quedas de camas de adultos representam alta porcentagem de graves ferimentos em bebês, os meninos sendo mais suscetíveis que as meninas. Até mesmo berços, considerados o lugar mais seguro para os bebês podem conter perigos ocultos. Contém o seu? Estão as grades sempre colocadas, de modo que o bebê não possa cair? Estão acolchoadas as barras do berço para evitar ferimentos na cabeça, e estão espacejadas de tal forma que não possa ficar com a cabeça presa nelas?


QUEIMADURAS E AFOGAMENTOS: As mães experimentam primeiro a temperatura do banho do bebê antes de lavá-lo, e seu leite antes de alimentá-lo. Compreendem o perigo de algo quente demais externa ou internamente. Todavia, certas mães, ao passo que evitam queimar os bebês, expõem-no ao afogamento. Muitos bebes ficam sozinhos na banheirinha, e em tenra idade. Parece não haver qualquer motivo válido para se deixar um bebê sozinho na água, até mesmo por um minuto. Como disse certa mãe: "Nenhum telefonema é bastante importante para mim para que eu deixe o bebê por um instante na banheirinha ou em qualquer lugar inseguro. Se for realmente importante, telefonarão de novo." Para evitar quaisquer destes incidentes, muitas mães levam os bebês sempre que têm de atender o telefone ou à campainha da porta.


SUFOCAMENTO E ENGOLIR OBJETOS ESTRANHOS: Deve-se tomar cuidado para evitar que o bebê seja sufocado no berço por roupa de cama, sacos plásticos ou travesseiros. Também, uma das primeiras e primárias funções dum bebê — a de engolir — pode ser perigosa. Pequenos objetos, tais como alfinetes; contas, botões e instrumentos pontiagudos devem sempre ficar longe do alcance do bebê. Nenhum chocalho ou outro brinquedo deve ser menor do que a sua boca. Uma vez que o bebê se apodere de algo, o próximo passo que dará será chupá-lo e então engoli-lo se puder. Já não lhe aconteceu de estender seu dedo para um bebê, apenas para vê-lo segurá-lo firmemente e prontamente levá-lo à boca? Então, imagine só se seu dedo fosse algum objeto prejudicial. Com boa razão, têm-se referido aos bebês como "aspiradores humanos"!


Perigos Para as Engatinhantes


Por volta do tempo em que a criança tem cerca de dois anos, já terá alcançado a idade exploratória. Não mais se limita ao seu berço ou quadrado de brinquedo. Agora mete seu narizinho em outras áreas da casa, e tem de ser vigiada ainda mais cuidadosamente do que antes.
Naturalmente, ainda está sujeita a queimaduras e a quedas, mas de aspectos diferentes. Agora pode alcançar coisas acima de sua cabeça e derramar coisas quentes sobre si mesma. Ou, com as molas recém-descobertas de suas perninhas, talvez possa subir em cadeiras e em outros móveis para inclinar-se para fora de janelas ou inspecionar guarda-louças, armários de remédios, armários embutidos e uma hoste de outras coisas. Produtos prejudiciais têm de ser guardados e trancados longe de seus olhos e de suas mãos perscrutadoras.
Pequenos e delicados badulaques, espalhados pela casa como decoração, agora têm de ser reavaliados como perigos potenciais e alguns têm de ser removidos para a sua segurança. Acha-se agora numa idade esquisita — não mais é indefesa e completamente dependente da leitora, nem tem bastante idade para realmente arrazoar com ela. Sim, este é o estágio em que tem de manter sempre um passo à frente dela, para a segurança dela.
Agora que pode acompanhá-la de quarto em quarto, a cozinha se torna mais perigosa que o quarto de dormir. Talvez esteja sentada no chão da cozinha, brincando inocentemente com vasos e panelas e, ainda assim, esteja cercada de perigo. Uma criança de dois anos não sabe a diferença entre uma inofensiva caixa de cereal seco e uma caixa que contenha detergente. Assim, ao passo que o espaço sob a pia talvez pareça ser um bom lugar para se guardar fortes detergentes, água sanitária, polidores e coisas semelhantes, NÃO é, se tiver filhos pequenos. A criança engolirá quase tudo, até mesmo coisas que cheiram mal ou têm sabor ruim. Sua curiosidade inata não raro leva a melhor, porque explorar o desconhecido é uma forma de ela aprender. Os pais que entendem esta tendência natural de experimentar as coisas podem evitar dificuldades antes que aconteça.
Ferimentos causados por queimaduras constituem outra ameaça. O uso errôneo do fogo, e de fósforos em especial, encabeçam a lista de acidentes do grupo de três a cinco anos. Quem não leu com horror vários relatos dos jornais sobre criancinhas que ficaram gravemente queimadas e até mesmo morreram devido a brincarem com fósforos? Os adultos sabem que os incêndios podem ser muitíssimo destrutivos. Mas, para as criancinhas, as chamas são fascinantes de observar. E querem brincar com fósforos até mesmo quando lhes proibir de fazê-lo. Fica a seu critério — como pai — de torná-las cônscias dos perigos num nível que possam entender. Mas, mesmo isto talvez não baste, de modo que mantenha materiais inflamáveis, inclusive fósforos, longe do alcance das crianças.
Mais de um milhão de crianças são tratadas anualmente nos Estados Unidos devido a envenenamento acidental. Todo envenenamento acidental representa um erro humano. Significa que algum adulto foi descuidado, sendo a criança a vítima. Nos Estados Unidos, há mais de 500 Centros de Controle Contra Envenenamentos, e recebem muitos telefonemas urgentes cada dia. Tais centros podem fornecer rapidamente aos pais informações vitais pelo telefone, quando os filhos tomarem algum veneno. Podem dizer-lhes que ação devem tomar exatamente, ou que antídoto, para quase todo tipo de veneno que tenha sido engolido.
Os pais devem analisar quantos venenos seus lares contêm. Acha que o seu é comparativamente seguro? Considere o seguinte: calcula-se que há cerca de 25.000 venenos potenciais disponíveis nas lojas! Não precisam trazer o rótulo de venenosos para o serem. Dentre a ampla variedade, a aspirina se acha entre os mais comuns, sendo responsável por cerca de 25 por cento das mortes por envenenamento. Outros venenos comuns são os inseticidas, alvejantes, detergentes e lustradores de móveis. Tratam-se de itens seguros quando usados por adultos, mas podem ser assemelhados ao TNT quando manejados por uma criança.
Os remédios infantis do tipo adocicado criaram novos perigos. Diz-se às crianças às vezes que tais remédios são "balas". Daí, quando a criança quer mais "balas", naturalmente procurará o vidro. Embora a dosagem para as crianças seja reduzida em cada pílula, os resultados podem ser desastrosos se a criança tomar muitas.
Naturalmente, não há mãe que deliberadamente queira ser descuidada quanto a venenos. Muitas resolvem limpar o armário de remédios ou o da cozinha, mas sempre deixam isso para depois. Quando foi a última vez que jogou fora todos os seus remédios, latas de tinta e líquidos de limpeza antigos? Contenta-se em apenas jogá-los na lata de lixo? A criança que engatinha não achará nada de mal em remexer na lata de lixo ou até no vaso sanitário quando não está olhando. Remédios e líquidos devem ser derramados no esgoto e deve-se puxar a descarga. As latas devem ser amassadas, se possível, e levadas para longe prontamente.


Disciplina — Instrumento de Segurança


A disciplina é um instrumento forte e eficaz que os pais possuem para proteger os filhos. Quando se ensina ao filho que ajunte seus brinquedos, ele aprende o primeiro essencial para a segurança da criança.
Outro aspecto da disciplina é a linguagem que usa e a comunicação que tem com seus filhos. Às vezes, suas palavras devem ser obedecidas de imediato para que fiquem plenamente protegidos. Será que seus filhos lhe obedecem? Verifica que tem de gritar e bradar antes que suas ordens sejam obedecidas? Talvez verifique que a maior parte do tempo vive dizendo "não". Se usar o "não" com demasiada freqüência, pode perder sua efetividade em reais emergências. Por exemplo, quando diz à sua filha que não toque no fogão porque é quente e a queimará, será que ela assim mesmo tocará nele? Ela não devia ter que aprender isto apenas por experiência própria. A obediência completa é necessária às vezes, até mesmo se a criança não compreender plenamente a razão naquela hora.
Para alcançar este alvo, muitos pais acham de auxílio evitar dar sempre ordens quando pedem algo ao filho. "Faça o favor de apanhar seus brinquedos" é amiúde obedecido mais rapidamente do que uma ordem dura. Daí, pode constituir um vocabulário de ordens a ser usado quando surgir real perigo. Mas, se forem dadas ordens para toda coisa trivial, talvez não sejam obedecidas em situações perigosas.
Sempre que seja necessário dar uma ordem, suas maneiras devem ser calmas, porém firmes. O tom de sua voz deve inequivocamente soletrar "PERIGO", exigindo obediência, e imediata! Daí, suas ações, junto com suas palavras, obterão a atenção necessária. Isto talvez exija muito treinamento, e até mesmo surras, mas, com o tempo, as ordens que tiver de dar serão mais prontamente obedecidas.
Consideramos algumas das coisas de que os pais podem ficar cônscios no seu papel de protetores.
8/2/70-8

Provérbio da semana (12:23)

O homem argucioso encobre o conhecimento, mas o coração dos estúpidos é o que proclama tolice.

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Urso que fumava e bebia cerveja salvo por ambientalistas


A Associação Milhões de Amigos resgatou o urso Martinica, que consumia tabaco e cerveja oferecidos pelos visitantes do mosteiro ortodoxo de Cotmeana. O urso vivia em condições bem menos ortodoxas que os monásticos que o mantinham em cativeiro há quatro anos, deixando-o num estado «terrível», sustenta Cristina Lápis, presidente da organização. Segundo a activista, os turistas ensinaram o urso a fumar e a beber cerveja, sob o olhar impávido dos clérigos, que agradeciam esse chamariz turístico. Depois de uma tentativa gorada, em que os monges impediram a Associação de libertar o animal, o urso foi resgatado com a ajuda da Guarda do Meio Ambiente de Arges. Martinica está agora numa reserva no sul dos Cárpatos, castrado, com outros 29 ursos.

SOL com agências/EstranhomasVerdade.com


Será que deixará de fumar e beber cerveja por estar castrado?!

Aprenda a andar — pelas colinas


O PARQUE de estacionamento de carros já se estava enchendo de visitantes do Parque Nacional do Distrito de Peak, área bem conhecida dos andarilhos e montanhistas da Região Central da Inglaterra. Alguns, nesta fria manhã de maio, achavam-se ali apenas para visitar o povoado e andar pelas estradas e trilhas vizinhas. Outros, como nós mesmos, calçaram botas fortes, puseram mochilas nas costas e verificaram tudo para certificar-se de que dispunham de tudo que é necessário para um passeio pelas colinas.
O que é que atrai um número crescente de pessoas cada ano para as colinas de seu país? Talvez, nesta recreação, encontrem algo que toda a família possa usufruir, ou que apenas um par de companheiros achem proveitoso. Há o desafio de se afastar das ruas apinhadas e caminhar seguramente pelas colinas. Certamente pode ser um desafio, pois o tempo pode mudar ou podem surgir situações que fazem com que os montanhistas olhem com respeito para as colinas e as montanhas. Assim, eu, minha esposa e três filhos, um grupo familiar, dispusemo-nos a gozar juntos algumas horas de recreação.


O Segredo de Andar Pelas Colinas


Era agradável andar ao longo da estrada em direção à trilha que queríamos — um riacho borbulhava do outro lado da muralha de pedra à nossa esquerda. Havia bastante atividade num acampamento vizinho. Aguardávamos já por algum tempo nossa longa caminhada, e, durante os meses anteriores, tentamos fazer algumas curtas caminhadas nos fins-de-semana, de modo que nossa filha de oito anos pudesse atravessar vários quilômetros de terreno difícil de se andar. Andar pelas estradas próximas de nossa casa resultou útil em nos fortificar para uma caminhada como a que intencionávamos fazer; seria muito insensato tentar caminhadas ambiciosas e pelos campos abertos sem preparação prévia.
Já agora nossa trilha serpenteava através de pequeno grupo de barracas abrigadas por algumas árvores. Alguns passos mais, por uma porta e nos dirigíamos à charneca aberta. Algumas ovelhas pararam de mordiscar para nos dar uma espiada. As chuvas de inverno tinham cavado valas na trilha de subida, e pedras e rochas soltas constituíam um obstáculo em nosso caminho. Ficamos contentes de contar com o apoio e a garra provida por nossas botas de caminhar. Tais botas dispõem dum solado que se agarra em terreno duro e ajuda a acolchoar os pés. Elas também ajudam a apoiar os tornozelos e são usualmente compradas de tamanho bem grande de modo que se possa usar dois pares de meias a bem do conforto e para se aquecer os pés.
Segundo o mapa que levávamos (na proporção de dois centímetros e meio para cada quilômetro e meio da área), estamos agora a uns 325 metros de altitude, e paramos para breve descanso. O segredo de andar, pelas colinas e seu prazer é andar com certo ritmo, visando colocar todo o pé no chão; e estabelecer um passo bom e constante que mostre consideração pelos membros mais fracos do grupo. Os descansos são certamente necessários, de preferência por curtos períodos em intervalos regulares. O bom pai ou líder dum grupo nas colinas exercerá grande cuidado de não deixar que o grupo se disperse ou se perca. Um pedaço de bombom para cada um, sem se deixar nenhum lixo, e partimos de novo.
Lá bem distante podíamos ver a nítida extremidade do platô e bem no alto André divisou um grupo de rochas de arenito de formato estranho que podíamos usar como marco orientador. Pela experiência, já sabíamos que percorríamos uns quatro quilômetros por hora em terreno difícil e para cada 300 metros de altitude podíamos adicionar meia hora. Pelo mapa, Ana calculou que chegaríamos às rochas em menos de uma hora.


Necessidade de Roupas Adequadas


Atravessamos uma ponte de pedra sobre um riacho e chegamos a uma parte da trilha conhecida como Escada de Jacó — uma escada natural de rocha, que logo nos obrigou a respirar fundo e submeteu à prova os músculos de nossas pernas. Uma vez atingido o alto, estávamos na extremidade do Platô Kinder. Olhando para trás, podíamos traçar nosso caminho e ver o vale, agora remoto. Acima de nós, cantava uma cotovia, e uma brisa fresca destacava a necessidade de roupas adequadas.
Anoraks ou windcheaters (casacos de couro e lã, bem justos nos punhos e cintura e pescoço) são ótimos, em especial com suéteres por baixo. Calças compridas feitas de material quente, e não de brim fino, são ótimas para ambos os sexos. Uma touca ou boné de lã, um chale e luvas podem todos ajudar a manter a pessoa bem aquecida e confortável. Usualmente verifico se todos nós levamos uma suéter extra nas mochilas, mas, esta manhã, não eram necessárias. A temperatura a 600 metros de altitude pode ser uns três ou quatro graus centígrados mais fria do que ao nível do mar. Também levamos uma capa de chuva de nylon para o tempo chuvoso.
Talvez fique pensando em se tudo isto é necessário apenas para se andar. À medida que mais pessoas se dirigem às colinas, os guardas de parques e organizações de socorro destacam que tantas são as pessoas que vão para lá incorretamente trajadas e equipadas. Uma camisa de colarinho aberto, um lindo vestido de verão, sapatos para a cidade — estas coisas não são muito boas quando se escalam altas colinas. As áreas montanhescas são usualmente úmidas, de modo que aqueles dias de tempo ótimo, com excelente visibilidade, são dias muito prezados por aqueles que passeiam pelas colinas.


Equipamento Útil


Uma pequena caminhada agora e chegamos ao grupo de rochas de arenito de formato estranho, que nos forneceu excelente ponto para um piquenique. Alguns sanduíches, um pouco de chocolate e algumas frutas são muito bem recebidos e sustentam a pessoa. Qualquer pequeno bornal servirá para se levar alguns poucos essenciais: roupas extras, alimento, talvez um estojo de pronto socorro. Poder-se-ia levar um apito ou uma tocha, que pode ser usado para se pedir socorro numa real emergência. No entanto, tudo estava indo muito bem hoje, e agora precisávamos planejar nossa próxima parte do roteiro.
Para cruzar o alto do platô a que havíamos então chegado não só era preciso um mapa, mas também uma bússola. À nossa frente se estendia uma área de turfeira, sem características próprias, sem trilhas definidas árvores ou marcos. Resulta ser inestimável, às vezes vital, uma bússola do tipo transferidor, para se atravessar seguramente esta região aberta e outras. Pode-se logo dominar a arte de planejar a direção certa, com a sua ajuda.
Uma vez firmada nossa base, minha esposa apontou para uma elevação à distância, para onde poderíamos dirigir-nos. É bom aprender a confiar na agulha da bússola, ao invés de no instinto — é realmente possível ficar-se andando em círculos! Pusemos os filhos à nossa frente, e caminhamos penosamente através da turfeira cheia de nascentes de água. Logo estávamos resvalando pelas encostas de solo escuro e turfoso dos profundos canais de drenagem que se entrelaçavam pelo nosso caminho. Daí, após laboriosa subida já estávamos do outro lado. Mas, ainda se achava à nossa frente, e cada vez mais próximo, nosso seguinte marco: uma subida que resultou ser pequeno afloramento de rocha. Descemos de novo, e demos a mãozinha à nossa caçula, ao nos empenharmos em atingir uma turfeira mais firme. Sapatos comuns teriam ficado atolados na lama pegajosa. Agora, um amplo leito de riacho jazia à nossa frente, e seu terreno arenoso e a água corrente logo lavaram a lama.
A conversa parou à medida que chegamos a uma massa tombada de rochas amarronadas na extremidade de uma cascata maravilhosa. Era tempo de admirarmos a ampla vastidão aos nossos pés, lá embaixo no passo. As crianças apontaram para as charnecas descampadas para o norte. Bem, talvez outro dia nos aventuremos a ir até lá. Um pedaço de chocolate para nos ajudar a prosseguir caminho, e nova consulta à bússola. A mais de 600 metros de altitude, com céu límpido e tendo apenas um outro grupo à distância como companhia, estávamos em nossa última etapa da jornada.
Uma hora mais ou menos depois, após descer com cuidado pelas rochas tombadas no extremo meridional, voltamos a uma trilha que levava à vila. Ali, uma chávena de chá quente nos revigorou. Os dois filhos mais jovens compraram cartões postais; isso ficaria de lembrança de nossa expedição. Olhei de novo para as elevadas extremidades do platô. Este fora um grande dia. Talvez, mais tarde durante o ano, nas férias, tentaríamos visitar o Distrito dos Lagos. Gozando juntos esta idéia, dirigimo-nos para o carro e voltamos para casa.
Que tal deixar esse carro, trem ou ônibus e aceitar o desafio e a beleza das colinas? Um passo ou dois de cada vez, quando se aventurar pelo campo adentro — e logo aprenderá a andar, segura e confiantemente, pelas colinas.

22/01/70-25

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Mulheres bonitas são mais inteligentes!


Um estudo realizado nos estados Unidos admite que as mulheres mais bonitas são, regra geral, mais inteligentes.Os investigadores estudaram 16 mil mulheres, bem como os seus filhos, e chegaram à conclusão de que também a sua descendência tende para o brilhantismo intelectual.A diferença é tanto maior quanto mais torneada seja a cintura e as pernas das mulheres.O texto científico, em torno da Evolução e Comportamento Humanos, admite que a razão pode estar em ácidos gordos encontrados nas ancas das mulheres mais inteligentes.Este ácido será responsável pelo aumento das suas capacidades intelectuais, passando para os fetos durante a gravidez.Estas descobertas partem dos resultados de uma das mais belas mulheres inglesas, Nigella Lawson, que terminou recentemente o seu curso em Oxford.Ainda assim, os investigadores são cautelosos quanto a estas conclusões, uma vez que a inteligência não pode ser desligada de factores como a classe social ou as dietas.

SOL com agências/EstranhomasVerdade.com


Hum,então os ácidos GORDOS das ANCAS têm algo a ver com a inteligência da mulher?! E eu pensei que seria pela matéria cinzenta dentro da cabeça!!!

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Parvo por inteiro

Um professor de Matemática quis pregar uma partida aos seus alunos e disse:
- Meninos, aqui vai um problema: Um avião saiu de Amesterdão a uma velocidade de 800 km/h, à pressão de 1.004,5 milibares; a humidade relativa era de 66% e a temperatura 20,4 graus Celsius. A tripulação era composta por 5 pessoas, a capacidade era de 45 assentos para passageiros, o WC estava ocupado e havia 5 hospedeiras (mas uma estava de folga). A pergunta é... Quantos anos tenho eu?
Os alunos ficam assombrados. O silêncio é total. Então o Joãozinho, lá no fundo da sala e sem levantar a mão, diz em tom de desafio:
- 44 anos, professor! O professor, muito surpreso, olha-o e diz:
- Caramba, é certo. Eu tenho 44 anos. Mas como é que tu adivinhaste? Responde o Joãozinho:
- Bem, eu deduzi porque eu tenho um primo que é meio parvo, e ele tem 22 anos!!!

O saber não ocupa lugar - 130


O território da Rússia, maior país do mundo, é quase 39 milhões de vezes maior que o do Vaticano, menor país do mundo.




Contudo,em termos de poder,andam ela por ela...

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Homem casa-se com cadela para pagar pecados!



Um homem do sul da Índia, P. Selvakumar, casou-se com uma cadela numa cerimónia tradicional hindu, para se redimir do apedrejamento até a morte de dois cães, pois o noivo acredita ter uma maldição sobre si.P. Selvakumar casou-se com a rafeira Selvi, escolhida pelos parentes do noivo, após esta ter sido banhada e vestida para a cerimónia no domingo, num templo hindu do Estado de Tâmil Nadu, informa o Estadao.com que cita o Hindustan Times.Selvakumar, de 33 anos, disse ao jornal que estava a sofrer uma maldição desde que matou dois cães à pedrada e pendurou os seus corpos numa árvore, 15 anos atrás. «Depois disto, minhas mãos e pernas ficaram paralisadas e perdi a audição num ouvido», disse ele.Um astrólogo terá dito ao noivo que o casamento seria a única forma de ser perdoado pelas moléstias. Contudo, a reportagem indiana não informa se os problemas de saúde melhoraram após o casamento.


Portugal Diário/EstranhomasVerdade.com




O que era mais importante não se sabe...

O saber não ocupa lugar - 129


Afonso XI de Castela teve um só filho com a sua mulher, e dez com a sua amante.


Coisas do passado...

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Strip na escola!


A mãe de um jovem estudante britânico resolveu preparar-lhe uma surpresa, no dia de aniversário, durante a aula de teatro. De acordo com o site brasileiro Globo, que cita o jornal britânico Daily Mail, a mãe contratou um «homem-gorila», mas por engano a empresa enviou uma stripper «vestida de polícia».A professora de teatro «avisada» pela mãe até iria gravar a reacção do filho à surpresa. Mas todos ficaram de «queixo caído». Até a professora que, a dada altura, interrompeu o espectáculo.O insólito aconteceu na escola Arnold Hill, em Nottinghamshire. A stripper chegou a meio da aula de teatro e após «chicotear» o rapaz dizendo que «se portou mal e não fez os trabalhos de casa» colocou-lhe uma coleira e passeou-o pela sala.Em seguida, ao som de Britney Spears, tirou a roupa e ficou em lingerie. É nessa altura que a professora resolve intervir. A mãe já pediu desculpa pelo incidente e acusa a empresa pelo «engano». Ninguém foi detido ou suspenso, mas a escola abriu um inquérito ao «incidente».

Portugal Diário/EstranhomasVerdade.com


Homem-gorila?! Ah,deixem lá a stripper fazer o seu trabalho!

Provérbio da semana (12:21)

Nada prejudicial acontecerá ao justo, mas os iníquos são os que certamente ficarão cheios de calamidade.

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Não se perca! Compre "um" GPS!




Já pensou num mealheiro que explode?



A fabricante japonesa de brinquedos Tomy vai lançar um mealheiro que reclama quando não lhe enchem a barriga de moedas e notas. Quando o utilizador não o alimenta com dinheiro, o mealheiro vibra, apita, e, por fim, explode, ou melhor, abre automaticamente uma porta e espalha pelo chão as moedas que estão lá dentro. O processo tem que ser repetido diariamente. É assim que o mealheiro da Tomy quer obrigar os japoneses a poupar dinheiro. «Este é um mealheiro em que não há hipótese senão poupar», disse um porta-voz da Tomy, citado pela Reuters. «Quisemos adicionar emoção a um acto que é normalmente meticuloso», acrescentou. O produto ao mercado japonês na próxima semana no Japão e custará cerca de 27 dólares.


Fonte: newticias/EstranhomasVerdade.com




Poupança à força!

quinta-feira, 15 de novembro de 2007

Máquina de tabaco reconhece idade do comprador!


Uma empresa japonesa criou uma máquina de tabaco capaz de reconhecer a idade do comprador através dos seus traços faciais. Caso o rosto do comprador seja indifinível, a máquina poderá pedir o bilhete de identidadeA máquina, produzida por uma das principais empresas do sector, é equipada com uma câmara digital e software sofisticado que analisa os rostos das pessoas.O equipamento vai então identificar se alguns traços faciais - como a cor do cabelo e a quantidade de rugas - tipicamente ligados à idade.Se o resultado da avaliação não for claro, a máquina pede um documento que comprove a idade do comprador. Só então, tendo confirmado que o eventual fumador é realmente maior de idade, é que será efectuada a venda dos cigarros.De acordo com a empresa, os testes preliminares indicaram um grau de exactidão em torno de 90%. A máquina, que custa cerca de 800 mil ienes, será lançada em breve no mercado japonês.

SOL com agências/EstranhomasVerdade.com


Deviam era inventar uma máquina que não vendesse tabaco! FUMAR MATA!

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

Cão disparou tiro contra o próprio dono!



Um caçador americano ainda está a recuperar depois de ter sido atingido na perna por um tiro disparado a curta distância pelo seu cão, que pisou inadvertidamente a espingarda de caça e disparou o gatilho, informa o site G1.James Harris, de 37 anos, de Tama, foi atingido nas costas, confirmou Alan Foster, porta-voz do Departamento de Recursos Naturais de Iowa, salientando que a pessoa alvejada estava a caçar com um grande grupo a cerca de 4,8 quilómetros o norte de Grinnell. O grupo atirou a uma ave e, quando Harris foi buscá-la, deixou a arma no chão e passou por uma cerca. Enquanto cruzava essa cerca, um dos seus cães de caça pisou a espingarda.A arma estava a cerca de 90 centímetros de distância. «A velocidade da boca da espingarda é tão alta que as balas não têm chance de se espalhar», frisou o porta-voz.O caçador foi submetido a uma cirurgia e está bem. «Foi atingido por 100 a 120 chumbos numa área de cerca de 10 centímetros de diâmetro nas costas», especificou.


Portugal Diário/EstranhomasVerdade.com




É este o melhor amigo do homem?!

terça-feira, 13 de novembro de 2007

UE recusa patente do grito de Tarzan



O famoso grito do Tarzan não pode ser patentado, respondeu a UE ao processo movido pelo neto de Edgar Rice Burroughs, pai literário do Rei da Selva.O The Times noticiou que a União Europeia indeferiu o pedido do herdeiro dos direitos de Tarzan, que pretendia patentear o famoso grito do Rei da Selva.O neto de Burroughs apresentou uma imagem espectográfica do grito do primeiro filme de Tarzan, protagonizado por Johnny Weissmuller.Foi ainda apresentada uma detalhada descrição do grito nas suas «cinco fases» - «um sustentado, seguido por modulação, seguido por um som sustentado numa frequência mais alta, seguido de modulação, seguido de um som sustentado que retoma a frequência inicial»«Ninguém estaria em condições de articular o grito do Tarzan a partir do espectrograma», afirmou o advogado que indeferiu o pedido.Por sua vez, o advogado Stephen James, que defendia a demanda, afirmou que dedicou a última década «na tentativa de fazer do grito do Tarzan uma marca registada, mas é muito difícil colocar um som no papel».James, no entanto, acrescentou que «qualquer um que ouça o som, daqui a 5 ou 105 anos, saberá que se trata do Tarzan».


SOL com agências/EstranhomasVerdade.com




É caso para dizer que este processo é...de gritos!!!

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Não se pode agradar a todos...

- A minha mãe acha sempre defeitos nas raparigas que eu levo lá a casa - confidenciou Brian ao seu velho amigo de escola. - Ela diz sempre que são demasiadamente espertas ou demasiadamente burras, demasiadamente bonitas ou demasiadamente feias, demasiadamente gordas ou demasiadamente magras. Nunca sou capaz de lhe agradar!
- A única solução é encontrares uma rapariga exactamente igual à tua mãe - aconselhou o amigo.Assim ela não será capaz de lhe encontrar qualquer defeito.
Passados seis meses Brian encontrou o seu amigo.
- Segui o teu conselho - disse Brian com tristeza.Procurei, procurei e finalmente encontrei uma rapariga igual à minha mãe - igual em tudo.
- Então qual foi o problema?!
- O meu pai detestava-a.

Zombi de Halloween confundido com cadáver



Estava bêbado na noite de Halloween e enverganhava um fato de terror. Mas este alemão terá apreendido que máscaras demasiado realistas podem trazer problemas. Quando adormeceu no comboio de regresso a casa foi confundido com um cadáver.Morto? Ou morto-vivo? Os passageiros do comboio pensaram que o homem, vestido de zombi, tinha sido assassinado e chamaram a polícia.A polícia revelou que o rapaz de 24 anos de idade adormeceu, devido ao excesso de álcool, quando regressava de uma festa de Halloween.Os passageiros acreditaram que a face e as mãos cobertas de sangue apontavam para um homicídio e chamaram a polícia, após terem tentado, sem sucesso, acordar o homem.Os paramédicos quando chegaram ao local rapidamente perceberam que se tratava de um rapaz, em perfeita saúde, mas demasiado bêbado para acordar facilmente.Quando despertou, a polícia pediu-lhe para retirar a máscara e a maquilhagem, e depois deixou-o seguir viagem.


Portugal Diário/EstranhomasVerdade.com




É o que dá as bebedeiras...

Provérbio da semana (12:20)

Há fraude no coração dos que projetam maldade, mas os que aconselham a paz têm alegria.

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

O que NÃO fazer ao roubar uma maquina fotográfica!


A polícia norte-americana investigava o roubo de uma máquina fotográfica digital quando se surpreendeu com uma fotografia do ladrão deixada pelo próprio numa outra câmaraSegundo o jornal Hartford Courant, o vídeo de vigilância mostra um homem a fotografar-se com uma máquina digital.Depois acabou por sair com outra câmara no valor de 400 dólares.O programa televisivo The Tonight Show já contactou a policía para lhes pedir o video e emiti-lo na sua rubrica dedicada aos crimes mais absurdos.

SOL com agências/EstranhomasVerdade.com


Era uma foto para a posteridade...

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Namorado distraído,no mínimo...

A garota já não sabia o que fazer para induzir o namorado tímido a tomar certas liberdades. Num momento de inspiração, ela propõe:
- Amorzinho... Queres que te mostre onde fiz a operação de apendicite?
- Não, não, por favor!- diz ele, se contorcendo.
- Ué, por quê?
- Eu odeio hospitais!

Roubavam vacas e bodes com um Fiat Uno!



A polícia da província africana de KwaZulu-Natal apreendeu duas vacas e dois bodes que estavam a ser roubados dentro de um Fiat Uno, um caso cada vez mais comum dizem as autoridades.Tudo começou na sequência de uma denúncia anónima. A polícia foi até ao local e iniciou uma perseguição ao Fiat Uno. Quando percebeu que estava a ser perseguido, o condutor abandonou o carro e conseguiu escapar.Todos os assentos do carro, com excepção do banco do condutor, tinham sido removidos para acomodar os animais.Mas este não é o primeiro caso. As autoridades locais contam uma outra situação em que os ladrões conseguiram colocar duas vacas e sete bodes dentro de um pequeno Toyota, antes de serem capturados.«A polícia investiga camiões e carrinhas que viajam durante a noite e, por isso mesmo, os ladrões estão agora a utilizar carros mais pequenos para passarem despercebidos», explicou o porta-voz da polícia local.


Portugal Diário/EstranhomasVerdade.com




Hum,nunca pensei que o meu ex-Fiat Uno dava para isto...

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

A solução por vezes não é complicada...

- Doutor - diz ele - estou com um problema.Toda vez que estou na cama, acho que tem alguém embaixo.
Aí eu vou embaixo da cama e acho que tem alguém em cima. Prá baixo, prá cima, prá baixo, prá cima.Estou ficando maluco!
- Deixe-me tratar de você durante dois anos - diz o psiquiatra - Venha três vezes por semana, e eu curo este problema.
- E quanto o senhor cobra? - pergunta o paciente.
- 120 € por sessão - responde o psiquiatra.
- Bem, eu vou pensar - conclui o sujeito.
Passados seis meses, eles se encontram na rua.
- Por que você não me procurou mais? - pergunta o psiquiatra.
- A 120 € a consulta? Um sujeito num bar curou-me por 10 euros .
- Ah é? Como? - pergunta o psiquiatra.O sujeito responde:- Por 10 euros ele cortou os pés da cama...

Maravilhosas e ingénuas crianças!

Um menino de três anos foi com o pai ver uma ninhada de gatinhos que tinham acabado de nascer.
De volta a casa, contou com excitação a mãe que havia gatinhos e gatinhas.
- "Como sabes isso?" perguntou a mãe.
- " O pai levantou-os e olhou por baixo", respondeu o menino. "Acho que estava ali a etiqueta".

Um despertador para atirar à parede!!


É um sucesso entre o público mais jovem e, certamente, também entre os mais dorminhocos a quem custa levantar cedo pela manhã. Estamos a falar de um rádio-relógio com o formato de uma granada de mão, especialmente concebido pela empresa japonesa Tokyo Trading para poder ser atirado contra a parede quando toca.Segundo noticia a agência de notícias Efe, assim que o alarme do despertador toca, os «donos» do rádio-relógio podem atirá-lo com toda força para qualquer canto do quarto. Um sensor de movimento «desarma» o despertador, que pára de tocar.O aparelho custa 17,50 dólares no mercado japonês e já teve muitos compradores. Quanto mais não seja, porque dá para «descarregar» a frustração de acordar tão cedo.Para os adeptos de desportos, a empresa oferece também despertadores com os formatos de bolas de baseball e futebol americano. O esquema é o mesmo: atirar a bola contra a parede e ela parar de tocar.

Portugal Diário/EstranhomasVerdade.com


Finalmente,uma invenção que dá realidade a um dos nossos maiores desejos!

O saber não ocupa lugar - 128


Há uma lei na Califórnia que proíbe carros sem motoristas a rodar a mais de 100km/h.


Ah,é capaz de ser perigoso,sim...

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Dentista paga 5 dólares pelos doces de Halloween


Um dentista da Florida teve uma ideia original para alertar e combater contra as caries.A sua intenção é pagar 5 dólares por quilo de bombons e guloseimas que as crianças, de menos de 12 anos, entregarem no seu gabinete no dia a seguir ao Halloween, que tem enorme tradição na terra do Tio Sam.Com isto ele espera despertar nas crianças em particular, e na sociedade em geral, a consciência para hábitos alimentares mais saudáveis.

EstranhomasVerdade.com


É isso miúdos ( e graúdos ), não estraguem os dentes, evitem o açucar!!

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Mulher atropela as próprias pernas!!


Uma mulher de 53 anos foi socorrida pela polícia após atropelar as próprias pernas. A vítima fez um pedido num drive in do Mc Donald`s, na Pensilvânia, dentro do carro e minutos depois deixou-se atropelar pela sua viatura.A polícia, que esteve no local, ainda não conseguiu perceber o que aconteceu. O agente Pat Mark garante que a distância que vai do carro à janela onde se faz e se recebe o pedido é de um metro.A mulher estava consciente quando a polícia chegou e foi transportada de helicóptero para o hospital.

Portugal Diário/EstranhomasVerdade.com


Mais um dos perigos de ir ao Mc Donald...

Provérbio da semana (12:19)

É o lábio da verdade que será firmemente estabelecido para todo o sempre, mas a língua de falsidade só existirá por um instante.

O saber não ocupa lugar - 128



Temos mais bactérias do que células em nosso organismo.




Estranho,não é?!

OBRIGADO RUI COSTA!

AMOR MEU, DOR MINHA

DOR MINHA QUE BATES NO CORAÇÃO,
OLHOS TEUS QUE CRUZAM COM A PAIXÃO;

PARA ONDE FORES CONTIGO IREI,
ONDE ESTIVERES AÍ FICAREI;

NA ROTA DO AMOR BUSCAMOS SINTONIA,
SENDO O MAIS IMPORTANTE A COMPANHIA;

FELIZ AQUELE QUE TE AMA,
E QUE PODE ALIMENTAR A CHAMA;

FICAREI. FELIZ. SINTO O TEU ABRAÇO FORTE,
SINTO QUE O AMOR NÃO ALIMENTA A MORTE;

POR TUDO ISTO UM ADEUS NÃO PERMITO,
NO NOSSO CORAÇÃO O AMOR NÃO É MALDITO.